Quem tem assistido ” Vidas Brasileiras ” sabe muito bem que a temporada atual de ” Malhação ” é até bastante parecida com ” Viva a Diferença “, que terminou em março. Pois é, minha gente! Se você é do time que ainda não se rendeu aos novos personagens porque ainda não superou ter dito adeus às Five e companhia, você não sabe o tempo que está perdendo! Olha só estes 5 pontos em comum entre as duas temporadas:

1. As discussões
Nas duas temporadas são abordados temas bastante importantes para a nossa sociedade. Em “Viva a Diferença”, assuntos como bissexualidade e a síndrome de Asperger de Benê (Daphne Bozaski) entraram em pauta. Enquanto isso, em “Vidas Brasileiras”, ganham destaque temas como intolerância religiosa e assédio.

2. Os triângulos
Lembra quando Keyla (Gabriela Medvedovski) uma hora estava com Deco (Pablo Morais) e outra hora já queria o Tato (Matheus Abreu)? Pois é. Uma temporada depois, Alex (Daniel Rangel) quer a Maria Alice (Alice Milagres), mas vive voltando para a Pérola (Rayssa Bratillieri), enquanto Flora (Jeniffer Oliveira) não se decide entre Tito (Tom Karabachian) e Érico (Gabriel Fuentes). Percebeu a semelhança?

3. A adulta preocupada
Antes, era a diretora Dóris (Ana Flavia Cavalcanti) quem vivia ligada no que os estudantes estavam fazendo. Agora, Gabriela (Camila Morgado) é quem não descansa até dar um rumo às vidas dos seus alunos – mesmo que tenha se meter na vida dos jovens se for preciso.

4. O ponto de encontro
Assim como o Galpão foi o point das Five, o Le Kebek é onde a galera do Colégio Sapiência se reúne para colocar o papo em dia.

5. O lado musical
Quem amava As Garotas do Vagão e Os Lagostins não precisaram ficar viúvos da cantoria em “Malhação”. O problema é quando a professora Brigitte (Marianna Armellini) tenta soltar a voz, né?#SddsSamantha!