O Mar do Caribe é formado por dezenas de ilhas e ilhotas, cada uma com suas peculiaridades. São costumes diferentes, culturas diferentes, idiomas diferentes… E o que todas essas ilhas têm em comum? Praias paradisíacas, é claro! Não importa se a língua oficial é o francês, o inglês ou o papiamento, não importa se o território pertence à Inglaterra ou à Holanda; é fato que as águas do Mar das Caraíbas oferecem uma das mais belas experiências naturais que se pode ter.

As promoções das companhias aéreas que publicamos aqui no Melhores Destinos têm deixado o sonho de conhecer essas praias incríveis cada vez mais próximo dos brasileiros, mas diante de tantos destinos e contrastes, muita gente se vê confusa na hora de decidir para onde ir. Já tratamos de vários destinos caribenhos no nosso Guia de Destinos. A verdade é que optar por um único local para viajar é realmente uma tarefa difícil, apesar de prazerosa, afinal, a escolha é muito pessoal.

- publicidade -

Há destinos no Caribe onde o foco é descansar, outros oferecem animada vida noturna,e há aqueles que misturam um pouco de tudo. Uma das coisas mais interessantes sobre a região é que em uma área relativamente pequena pode-se ter experiências completamente distintas. Partindo do Brasil, várias companhias aéreas voam aos destinos caribenhos, entre elas a GOL, a Avianca e principalmente a Copa, que tem voos para diversos aeroportos na região.

Confira abaixo detalhes de alguns destinos onde o MD já esteve no Caribe.

Anguilla – A pequena Anguilla pertence aos britânicos e tem praias maravilhosas, com águas azuladas e transparentes. O lugar é procurado por celebridades e indicado a quem deseja relaxar, longe de badalação. A ilha é realmente muito pequena, portanto, não há muito o que fazer além de visitar as praias – o negócio por lá é escolher um bom hotel e curtir a praia próxima a ele. Apesar de não ter muito mais de 15 mil habitantes, é de impressionar a estrutura dos hotéis nessa ilha. Saindo de St Martin é possível utilizar barcos ou aviões para chegar.

Aruba – Aruba é tida por muita gente como uma “mini Cancún”. O lugar foi colonizado por holandeses, mas a presença estadunidense é muito por forte por lá. A ilha tem algumas das maiores redes hoteleiras do mundo na beira da areia, permitindo que os visitantes tenham uma bela vista para o mar ao acordar e fácil acesso à praia. Aruba é indicada para quem quer desfrutar da estrutura de um bom hotel, mas também poder fazer algumas compras, comer em restaurantes variados e curtir a vida noturna. As praias da ilha têm águas muito tranquilas, e não é à toa que uma das atividades preferidas de quem visita o lugar é passar o dia boiando no mar.

Cancún, México – Não é à toa que Cancún é um dos destinos mais visitados do Caribe. A cidade mexicana é um verdadeiro parque de diversões a céu aberto, com opções de entretenimento para pessoas de diferentes idades e gostos variados. O lugar tem hotéis de qualidade na beira do mar, pontos turísticos históricos, parques aquáticos, passeios de diversos tipos, bons restaurantes, vida noturna e shoppings… Tudo isso sem falar no mar, que é deslumbrante e tem um azul de impressionar! Seja para viajar a dois, em família ou amigos, Cancún é um daqueles lugares onde você pode ficar durante duas semanas e a cada dia fazer um programa diferente. O lugar tem uma ótima estrutura, boas praias e entretenimento.

Cartagena, Colômbia – Românticos e amantes de história vão se amarrar em Cartagena. A cidade colombiana é um verdadeiro tesouro para quem deseja mergulhar no passado, caminhar por ruas estreitas de pedra, visitar pontos turísticos históricos e construções coloniais. É mais real pensar em Cartagena como um destino com pontos históricos que tem a facilidade de ter praias, do que apenas como um destino litorâneo. A verdade é que as praias urbanas da cidade não têm aquela aparência caribenha e as praias de areia branca e água transparente aparecem apenas quando nos distanciamos da cidade e visitamos ilhas particulares ou Playa Blanca. Pensando no fator “mar”, melhor ir para a ilha de San Andrés; pensando no fator “história”, melhor Cartagena. Se puder, faça um roteiro que contemple Cartagena e San Andrés: os dois destinos se complementam e assim você mistura paisagens naturais e urbanas.

Cozumel – Parada de enormes navios que passeiam pelo Mar do Caribe, Cozumel é um destino indicado para mergulhadores e a quem busca um mar limpo, bonito e com poucas pessoas. A ilha tem opções de restaurantes e bares, além de lojinhas para fazer compras de perfumes ou lembranças de viagem. Cozumel, que tem boa parte da costa pedregosa, tem lugar para nadar com golfinhos, bons hotéis e estrutura para passar alguns dias, mas muitas pessoas que vão ao lugar querem mesmo é mergulhar. A ilha é conhecida como um dos melhores lugares do mundo para mergulho e se você é fã do esporte, já sabe onde ir.

Curaçao – Curaçao é um destino para quem quer ter um gostinho de Europa no meio do Caribe. O lugar, marcado pela arquitetura holandesa, tem praias incríveis que se parecem com verdadeiras piscinas naturais. Difícil não soltar uma exclamação ao se deparar com a beleza de Kenepa Grandi, por exemplo. Algumas praias são pagas, é verdade, mas em boa parte dos casos o valor é convertido em uma boa estrutura, como chuveiro, cadeiras e guarda-sóis disponíveis. A ilha é indicada para praticar mergulho e para quem acha bacana alugar um carro e cada dia explorar uma praia diferente, pois o transporte público é muito fraco por lá. Curaçao tem bons restaurantes, lojas interessantes para fazer compras e um povo receptivo. Um pouco latina, um pouco europeia, um pouco caribenha – Curação mistura culturas e línguas, formando um destino muito peculiar.

Isla Mujeres, México – Muita gente visita Ilha Mujeres, próxima a Cancún, em um passeio de um dia, mas é preciso deixar claro que, para quem gosta de tranquilidade, o lugar rende muito mais do que um passeio de bate-volta. A ilha tem uma estrutura tímida quando comparada à vizinha famosa, mas é ideal para quem deseja desfrutar de praias de águas cristalinas e calmas (ótimas para crianças), e para fazer mergulho. O carrinho de golf também é um meio de transporte por lá, assim como as motos.

Playa del Carmen, México – Playa del Carmen fica na península de Yucatán, a cerca de 65 km de Cancún, e por conta dessa proximidade as comparações são inevitáveis. Se Cancún é reconhecida pelos hotéis de grande porte e pela megaestrutura voltada para o gosto norte-americano, Playa del Carmen é um destino mais rústico e simples, mais charmoso e frequentado principalmente por Europeus. A área turística da cidade é animada e quem se hospeda perto do burburinho, que ocorre na 5ª Avenida, anda só a pé. O lugar é agradável, com hotéis de pequeno/médio porte próximo às praias, opções de restaurantes, lojinhas e vida noturna. Playa del Carmen tem uma localização melhor do que a de Cancún para quem deseja explorar alguns dos pontos turísticos da península e conhecer os parques aquáticos. Se esse perfil de local te agrada, você pode dividir a viagem, se hospedando parte do tempo em Cancún e parte em Playa del Carmen.

Providência e Santa Catalina, Colômbia – Providência e Santa Catalina são duas pequeninas ilhas a pouco mais de 20 minutos de voo de San Andrés, na Colômbia. Essas ilhas possuem cerca de 5 mil habitantes e por aí já dá para ter uma ideia de que o lugar é reduzido. As duas ilhas, Providência (a maior) e Santa Catalina, são destinos incríveis para quem deseja se isolar, descansar, esquecer internet e simplesmente curtir o mar e a natureza. O lugar tem praias de águas calmas e com pouca gente, e uma grande barreira de corais, o que faz com que boa parte de seus visitantes procure empresas para fazer mergulho. Imperdível nessa região é Cayo Cangrejo, uma ilhota boa para snorkeling e que possui um morro de onde se tem uma vista de 360 graus – é simplesmente espetacular!

Punta Cana, República Dominicana – Escolhida por muitos recém-casados e por aqueles que querem relaxar de frente para o mar, Punta Cana se destaca como um destino de ótimo custo-benefício. O lugar, a leste da Repúblico Dominicana, é praticamente dominado por resorts all inclusive cheios de estrutura e a diversão é toda feita dentro dos hotéis mesmo, não é preciso sair deles para nada. O “all inclusive” garante refeições, bebidas (mesmo alcoólicas), sombra e água fresca. Para completar os “árduos” dias em um litoral de águas claras e mornas, com coqueiros a perder de vista, a pedida é fazer alguns passeios, quase todos eles ligados ao mar. Depois de escolher seu destino, a dúvida é decidir em qual hotel se hospedar em Punta Cana – são tantos resorts, um mais atraente que o outro.

San Andrés, Colômbia – San Andrés é uma ilha pertencente a Colômbia e um dos principais destinos turísticos do país. A pequena ilha peca um pouco em estrutura e carece de cuidado, mas para quem quer mergulhar ou conhecer um mar com diversos tons de verde e azul, San Andrés é inigualável. Não é sem motivo que se diz que San Andrés tem o “mar de sete cores”. O lugar ainda é um tanto rústico e merecia uma estrutura hoteleira melhor, mas há ótimos restaurantes para comer peixes e frutos do mar, além de passeios para locais lindos e praias que dispensam comentários. Os preços em San Andrés são muito bons, principalmente para fazer compras – a ilha é livre de impostos. Quer um destino com bons preços e um mar que te deixa de queixo caído? Então San Andrés é uma boa!

St Barth (Saint Barthélemy) – St Barth ou St Barths, nas versões encurtadas do nome, é uma ilha caribenha próxima de St Martin e St Maarten que pertence à França. O lugar é muito peculiar, cheio de morros, praias cercadas por muito verde e águas azul-turquesa convidativas para um mergulho no mar. O lugar é badaladíssimo no verão, frequentado por famosos e ricaços com iates enormes; já no inverno é menos movimentado, tem praias mais vazias e menos festas. Nada da tal antipatia francesa por aqui, os franceses que vivem em St Barth são muito receptivos, sorridentes e hospitaleiros. O lugar é indicado para quem deseja desfrutar de praias lindas, algumas sem qualquer tipo de comércio, para comer em bons restaurantes e apreciar paisagens naturais. Mas atenção: todo paraíso tem seu preço e aqui ele é bem carinho – e em euros!

St Martin e St Maarten – Uma ilha, dois “países”. Essa é um dos destinos mais curiosos do Caribe: na parte de cima, St Martin, território francês e na parte de baixo, St Maarten, território holandês. Apesar de ter sido colonizada por dois países diferentes, a ilha é multicultural e abriga moradores nascidos em diversos países diferentes. Por lá fala-se inglês, francês, holandês e muitos imigrantes da América do Sul falam espanhol. A ilha é relativamente grande, por isso é melhor alugar um carro para transitar e assim poder conhecer suas praias mais facilmente. São tantas praias diferentes, que é difícil eleger as melhores. Tem praia para quem curte balada, praia deserta, praia de nudismo, praia para observar aviões pousando… todas elas com uma cor espetacular e um azul incrível. A ilha é bem estruturada, tem hotéis para todos os bolsos, ótimos restaurantes, cassinos, vida noturna, oportunidade para compras e para mergulhar em um mundo cultural novo.

Varadero+Havana – Para uma experiência excêntrica, a dupla Havana e Varadero, em Cuba, é singular. Se em Havana a sensação é de que o tempo parou, em Varadero o foco é o mar de águas claras e os grandes hotéis. A combinação desses dois destinos na mesma viagem mostra dois lados diferentes de Cuba: tanto a beleza natural quando a urbana. Se a ideia é abrir mão das regalias dos mais cobiçados destinos turísticos do Caribe e mergulhar em um país com uma cultura e regime muito diferente, ir à Cuba é a pedida.

Jogo rápido:
Onde consigo um bom custo-benefício?
Punta Cana e San Andrés são boas opções.

E se o orçamento estiver folgado?
St Barth.

Onde não preciso de visto?
Nenhum dos destinos citados acima requer visto prévio, embora em Cuba seja necessário apresentar uma “tarjeta turística” obtida através dos consulados, companhias aéreas e agências turísticas. É indicado ter consigo no momento da viagem passagens de ida e retorno, comprovantes de fundos financeiros, reserva de hotéis, etc. Para os destinos colombianos, apenas o RG é necessário; para os demais destinos, o passaporte válido é requerido e, de preferência, deve ter ao menos 6 meses de validade.

Quais lugares não sofrem com a temporada de furacões?
A temporada de furacões no Caribe compreende o período entre 1 de junho e 30 de novembro, mas não são todos os destinos caribenhos que podem sofrer de intempéries climáticas desse nível. Os locais próximos da América do Sul, como Aruba, Curaçao e Cartagena, na Colômbia, não sofrem com furacões, embora possam ser pegos pelo mau tempo, especialmente entre agosto e outubro, assim como os demais destinos dessa região. Viajar durante a temporada significa apenas que há o risco e não que haverá um furacão.

Dá para ir ao Caribe com crianças?
Claro! Cancún, Aruba e Punta Cana, por exemplo, são bons destinos para viajar com os pequenos. Aruba tem praias bem calminhas e Cancún tem diversos atrativos, entre eles os parques aquáticos. Já Punta Cana tem a estrutura dos hotéis e suas facilidade como os playgrounds, clubinhos infantis, as piscinas e os grupos de animação que organizam brincadeiras.

Qual desses destinos têm muitas opções de lazer?
Cancún e Playa del Carmen.

Onde é legal para descansar?
Um hotel bacana em qualquer um desses locais e uma boa praia já são suficientes para relaxar, mas alguns dos destinos são bem tranquilos e ainda mais propícios para esse fim, como Punta Cana, Anguilla e Isla Mujeres…

E se eu quiser curtir festas e a vida noturna, qual a boa?
Cancún, Playa del Carmen, St Barth (verão) e St Maarten.

Para quem gosta de atrativos culturais, qual destino é indicado?
Cartagena pela herança da colonização espanhola e seus museus, e Cancún pelos sítios arqueológicos maias.

E você, já esteve em alguns desses destinos? Qual seu lugar favorito no Caribe? Conte pra gente suas experiências e divida sua opinião com outros leitores.

Por: CAMILLE PANZERA

Veja Também!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × 2 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.