A vergonha e o descaso com a saúde pública no Espírito Santo vitimou mais uma jovem, dessa foi Pollyana Dias Fernandes de apenas 26 anos de idade veio a óbito em Vitória no antigo Hospital São Lucas.

A jovem que lutou pela vida desde o dia 22 de abril quando sofreu um AVC, passou pelo PAM da Barra e Hospital Evangélico em Itapemirim onde sofreu à espera de uma vaga em uma UTI.

- publicidade -

O socorro só veio dois dias depois, na terça feira(24) quando enfim foi levada para Vitória. Hoje pela manhã a jovem veio a óbito e seu corpo será trazido para Marataízes onde será velado e enterrado.

Há cerca de duas semanas atrás outra jovem também veio a óbito, Maira Porto que não conseguiu vaga de UTI e morreu em Itapemirim no Hospital Evangélico.

Maira Porto

Os problemas relacionados à saúde pública no estado estão cada vez piores e o Estado privilegia a capital e os municípios do norte deixando o sul à deriva.

A secretaria de Saúde informou através de NOTA que foram disponibilizadas mais 450 leitos de UTI no Estado em 2017, porém o litoral Sul não recebeu nenhum desses benefícios e a central de vagas do Estado mais parece uma central da morte.

A família ainda não informou o local do velório e enterro, mais informações em breve aqui no site Maratimba.com.

Sofrimento da família foi acompanhado pela imprensa.

Capixaba News: Falta de vagas em UTI pode matar mais uma jovem no Sul do ES

Maratimba.com: Manifestação da família por falta de UTI para Pollyana

Maratimba.com: Manifestação de populares em frente ao Fórum e Prefeitura de Marataízes

Maratimba.com: Manifestação de populares em frente ao Ministério Público 

Maratimba.com: Resposta dos promotores sobre a falta de UTI no Sul do ES

Veja Também!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois + vinte =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.