Tragédia em Cuba. Avião cai logo após decolagem, presidente afirma que haviam mais de 100 pessoas a bordo

824

Tragédia em Cuba. Avião cai logo após decolagem, presidente afirma que haviam mais de 100 pessoas a bordo

Avião cai logo após decolar de Havana nesta sexta (18). (Foto: Adalberto ROQUE / AFP)

Jornalistas da France Presse que estão a cerca de 100 metros do local da queda relataram que o avião está destruído e em chamas, sobre um local próximo ao aeroporto e próximo a uma plantação.

Presidente cubano Miguel Diaz-Canel chega ao local do acidente aéreo em Havana nesta sexta (18). (Foto: Yamil LAGE / AFP)

O avião caiu entre Boyeros e Santiago de Las Vegas, dentro da capital cubana, segundo a TV estatal. O site Flightradar24 informou que o voo seria o de número CU972, um Boeing 737-400 de 26 anos operado pela Blue Panorama Airlines para a Cubana. O destino era a cidade de Holguín. Destino do voo era cidade de Holguín, segundo a France Presse. Miguel Díaz-Canel, presidente de Cuba, disse que “parece que há um grande número de vítimas”, segundo a France Presse. Miguel Díaz-Canel, presidente de Cuba, está no local do acidente, segundo a imprensa local.

Equipes de resgate estão no local que o avião caiu em Havana. (Foto: Yamil LAGE / AFP)

Aeronave era da empresa Cubana de Aviación. Haviam 113 pessoas a bordo, disse o presidente cubano o destino do voo era cidade de Holguín, segundo a France Presse. A tripulação do avião era composta por estrangeiros, segundo o jornal Granma e três pessoas sobreviveram ao acidente, segundo o jornal Granma, publicação oficial do Partido Comunista cubano.